? ºC Cuiabá-MT

Várzea Grande (MT), 18 de setembro de 2020 - 23:39

POLÍTICA

16/06/2020 07:24

Botelho destaca importância de união entre governo e prefeitura para o combate à pandemia

Em reunião com o Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Cuiabá, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), chamou a atenção para a importância da união de forças entre os poderes no combate à pandemia causada pela Covid-19, doença que cresce vertiginosamente no Brasil, inclusive, em Mato Grosso.

Na reunião, que foi realizada nesta segunda-feira (15), via videoconferência, no Palácio Paiaguás, o governador Mauro Mendes (DEM) garantiu o custeio de 30 novas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), para casos de Covid-19, na rede municipal de Saúde de Cuiabá. Também destinará 10 respiradores para essas unidades, que se somarão a outros 20 garantidos com verba federal.

Para Botelho, o trabalho em conjunto será fundamental para Mato Grosso superar o momento de crise. Ressaltou que a união terá que prevalecer para salvar vidas e inserir medidas enérgicas que possibilitem a retomada da economia, setor que já sente os reflexos provocados pela pandemia.

“Participei dessa reunião onde foram tomadas decisões importantes que vão salvar vidas, com a decisão de ampliar UTIs, a decisão de criar protocolos para aumentar a testagem, a decisão para fazer o tratamento precoce. Tenho certeza que vão salvar muitas vidas e, inclusive, diminuir as internações. Vamos trabalhar juntos para amenizar o sofrimento da população”, afirmou Botelho.

Dessa forma, será criado um comitê técnico, com representantes médicos do Estado, da ALMT e das Prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande para a elaboração do protocolo. “Vamos participar desse comitê para contribuir, pois a Assembleia tem desempenhado um papel fundamental por meio da Comissão de Saúde”, acrescentou.

O presidente, ainda, chamou a atenção para o enfrentamento da crise econômica. “Fazer essa harmonia será muito importante, porque não é só a da doença. Vai vir, no segundo momento, que é muito grave a questão econômica, vamos precisar de ações para a retomada da economia, à recuperação de emprego e renda. Temos que estar unidos para essa retomada econômica”, alertou.

Botelho também reafirmou o compromisso de a Assembleia Legislativa continuar atuando fortemente nesse embate, assim como vem fazendo desde o início da pandemia. Uma delas foi à destinação de recursos para ampliação e reforma do Hospital Metropolitano de Várzea Grande, além de inúmeros projetos aprovados para ajudar o estado.

“Vamos trabalhar juntos para amenizar o sofrimento da população e a Assembleia Legislativa irá acompanhar de perto o relacionamento e trabalho entre os poderes. Precisamos deixar a política de lado e sermos estadistas, esquecer os conflitos e criar políticas que beneficiem a população”, disse, ao se referir ao momento difícil em que as divergências políticas não podem atrapalhar.

“O Governo do Estado vai garantir o pagamento de 30 UTIs em Cuiabá, ao preço de R$ 2 mil por leito, por meio da parceria com o Governo Federal. Se por algum motivo, a prefeitura não conseguir a habilitação desses leitos, nós vamos garantir que o valor seja pago com recursos do próprio Estado”, afirmou o governador, acrescentando que isso é possível, em decorrência do novo decreto editado pelo governo com regras para as prefeituras conseguirem habilitar novos leitos para o coronavírus.

Pelas novas regras, cada UTI habilitada receberá diária para custeio de R$ 1,6 mil do Ministério da Saúde e R$ 400 do Estado, um total de R$ 2 mil ao dia por UTI.

Além deles e de Emanuelzinho, também participaram o vice-governador Otaviano Pivetta, os secretários de Estado, Mauro Carvalho (Casa Civil), Gilberto Figueiredo (Saúde), Alberto Machado (Gabinete de Governo) e o deputado Dilmar Dal Bosco. (com GCom)


Newsletter